OLPC Brazil/Desenvolvendo aplicações para o OLPC

From OLPC

Jump to: navigation, search

GoogleTrans-pt -English -Español -Français -‪中文(中国大陆)‬ -‪中文(台灣)‬ -Hrvatski -Česky -Dansk -Nederlands -Suomi -Deutsch -Ελληνικά -हिन्दी -Italiano -日本語 -한국어 -‪Norsk (bokmål)‬ -Polski -Български -Română -Русский -Svenska



Do ponto de vista da web (o que se conhece vulgarmente como internet - apesar de ser incorreta essa denominação), o micro OLPC roda dois tipos de aplicações (vamos usar a partir de agora o termo atividade para ficar dentro do espírito da coisa):

  • atividade web;
  • atividade não-web

Uma atividade web seria o aluno, por exemplo, fazer uma pesquisa sobre determinado assunto na Wikipédia para um dado trabalho. Essas atividades só podem ser executadas quando o aluno está na escola, conectado na rede WIFI que deverá estar conectada à Internet. Mas, se o aluno salva páginas na memória flash (que equivale ao disco rígido dos PCs "convencionais") poderá vê-las em casa, no ônibus etc.

Uma atividade nâo-web seria, por exemplo, rodar um jogo educacional interativo que está instalado na memória flash da máquina. Ou ler um livro usando o Evince (o leitor de documentos do micro OPLC). Essas atividades podem ser feitas em qualquer lugar, sempre.

Isso não tem nada a ver com o fato de a atividade ser compartilhada ou não. O aluno pode, por exemplo, estar lendo um livro instalado em seu laptop e outros podem estar vendo junto e fazendo comentários pelo chat (sonoro ou não). Ou pode estar vendo páginas da Wikipedia e considerar essa atividade "privada" - o que evitará qualquer compartilhamento. Atividades podem ser compartilhadas quando o aluno está na escola, conectado à rede WIFI local ou quando está perto de outro colega - pois o micro OLPC possui a tecnologia "Mesh" que interliga computadores próximos.

Se você está querendo ajudar o projeto OLPC e conhece linguagens de programação mais sofisticadas, pode colaborar melhor desenvolvendo aplicações não-web. É mais difícil encontrar skill voluntário como o seu disponível. Você pode ver os detalhes mais técnicos dessas aplicações no link: Desenvolvendo atividades não-web

Mas, o que se espera é que a maior parte da ajuda ao OLPC venha de gente que não entende nada de programação. Se você, por exemplo, conhece bem algum assunto, poderá colaborar, a partir de hoje, escrevendo artigos (texto e ilustrações) sobre esse assunto, na Wikipedia, que tem sua versão em português.


As páginas da Wikipédia não são adequadas para serem acessadas a cores na resolução 640 x 480. Mas o micro OLPC tem resolução 1200 x 900 em preto e branco.

A partir da página principal da Wikipédia (versão em português) você vai encontrar todas as informações para publicar seus artigos.

Existe algo similar a Wikipedia onde se encontra partes de livros em português: a Wikibooks.

O material da Wikipedia (e Wikibooks) é mais adequado para o segundo grau (brasileiro). Existe um projeto espanhol tentando criar material para crianças: a Wikijunior. Esse material é criado em inglês mas já temos alguns títulos em espanhol naWikichicos . Esse material seria facilmente traduzido para português.


Mas se você pretende escrever um livro a ser lido pelo pessoal do projeto OLPC (alunos ou professores) recomendamos usar o formato DjVu (preferencial) ou PDF. O projeto OLPC tem como referência principal para publicação de livros o Projeto Gutemberg que hoje ainda não está bem estruturado para receber material de colaboradores brasileiros. Mas esperamos que essa situação mude logo. No Gutemberg já se enconta hoje alguns títulos em português. Nem todos, no entanto, nos formatos DjVu ou PDF a serem lidos pelo micro OLPC.

Uma boa fonte de livros em português, com versões em PDF é o projeto BibVirt da Escola do Futuro da USP

Como você está percebendo, na parte de conteúdo a ser utilizado pelos alunos, o projeto OLPC não começa do zero. Mas como pode um professor usar tudo isso na sala de aula? Existe alguma técnica recomendada? Nisso também não se começa do zero. O método pedagógico, complementar - não substituto - ao que o professor faz hoje, e que o OLPC pode usar com proveito chama-se Webquest. Maiores esclarecimentos no link: Webquest: o novo "trabalho de casa"

Se você é programador, pode criar aplicações web de "segunda camada" - inclusive acessando banco de dados etc. - usando, por exemplo: ASP .NET e C#. Veja nosso teste com o simulador em Windows com açucar.

*Notícias do OLPC Brasil é uma publicação periódica com as últimas notícias do projeto.

Mesmo se você usa Windows XP em seu computador, poderá, AGORA, entrar em contato com o Sugar através de um simulador. É fácil. Você encontra um tutorial passo-a-passo no link Windows com açucar

Personal tools
  • Log in
  • Login with OpenID
About OLPC
About the laptop
About the tablet
Projects
OLPC wiki
Toolbox